Artigo patrocinado por
Seguros Promo
December 9, 2019
|
por
Ivete Quintela

Check-list de documentos para entrar na Europa

É sua vez, separe os documentos e apresente-se para falar com o agente migratório. Mas, quais são esses documentos?

Viajar para a Europa - Turismo e Imigração

Marcou viagem para a Europa? Aqui neste artigo você encontrará respostas para todas as suas dúvidas sobre a documentação exigida para entrada nos países europeus que fazem parte do Tratado de Schengen.  Além disso, dispomos de todos os serviços úteis aos turistas e emigrantes aqui

Por quê muitos viajam para Portugal? 

Muitos vêm para conhecer e outros para viver realmente. Veja nesse vídeo, uma reportagem especial sobre o porquê de terem escolhido Portugal para viver.

Se é a primeira vez que passará por uma imigração, nossa dica é que tente relaxar e ficar tranquilo, pois a imigração não é nenhum bicho de 7 cabeças. Responda apenas o que for perguntado, e lógico, sempre a verdade! Se solicitado algum documento, entregue só o que foi pedido! Alguns documentos são exigidos para pelas autoridades ao ingressar em um país pertencente ao Tratado de Schengen, onde o limite de permanência é de até 90 dias, como turista, podendo renovar por mais 90 dias:

Tenha em mente que mesmo cumprindo todas as exigências solicitadas, todo país é soberano e tem o direito de aceitar ou recusar a entrada de qualquer pessoa

Sugerimos que venham com um chip internacional para facilitar sua pesquisa e comunicação desde sua chegada, pois provavelmente, todos seus vouchers, reservas e roteiros, aplicativos de UBER, aluguel de carro, etc,  além de contatos importantes estão no seu celular, tornando a internet imprescindível.

Por quê os países controlam suas fronteiras?

Para manter os países à salvo de ameaças, por exemplo: cuidado com a propagação de contagiosas, por isso, alguns países exigem atestado de vacina, existe também a possibilidade de imigrantes ilegais, terrorismo e crime organizado. Esses são apenas alguns dos elementos que compõem os desafios nas fronteiras. Os criminosos estão bem informados e exploram regularmente este cenário, aproveitando-se da sobrecarga no processamento dessas questões, que mobilizam a fiscalização nas fronteiras. Os países devem ter suas estratégias para se manterem à frente das táticas digitais dos criminosos.

Na União Européia, o controle nas fronteiras evoluiu de uma proteção “limitada” dos territórios, feito por guardas de fronteiras, para um processo complexo de alta tecnologia, e ainda, um conceito de segurança mais amplo nas fronteiras, incluindo a gestão de dados em alta escala no ciberespaço. Além de tudo isso, tem algo abominável, que é o tráfico de pessoas. O SEF fez um vídeo que explica e alerta sobre isso, veja:

O SEF esclarece e alerta sobre o tráfico de humanos e trabalho escravo.

Recusas de entrada em Portugal

Princípios para a recusa de entrada em Portugal, e consequentemente em Espaço Schengen, previstos na Lei n. 23/2007.

Assista nesse vídeo, o que o próprio SEF define como "entrada recusada" e seu embasamento:

Procedimentos para passar pela imigração!

Para viajar para a Europa, são necessários alguns documentos e procedimentos. Mas basta você fazer um bom planejamento que normalmente dá tudo certo. Mantenha a calma e em poucos minutos terá seu passaporte carimbado para realizar uma das experiências tão sonhadas da sua vida. Vamos ajudá-lo com isso!

Viajar para Portugal, além de Cabo Verde e Itália, existem algumas particularidades na imigração para quem vem como Turista ou até mesmo como imigrante, que é a aceitação do CDAM ou PB4 substituindo o Seguro de Viagens. 

Aconselhamos que sempre façam os dois, pois cada um tem uma função distinta, como explicamos  por aqui

Viajando como Turista

Carregue com você, na hora de viajar todos os comprovantes de renda que tiver e, principalmente, os de vínculo com o Brasil, como carteira profissional, certidão de casamento, comprovante de matrícula ou outros documentos que certifique que você teria que regressar ao país de origem e não vir para ficar ilegal  em Portugal ou outro país europeu.

Para viagens dentro dos países que possuem o Tratado Schengen, com duração de até três meses, não é necessário aplicar nenhum Visto, apenas a apresentação do passaporte e outras exigências abaixo. Lembramos em 2021 todos deverão fazer um cadastro online, o ETIAS (Sistema Europeu de Informações e Autorização de Viagem) é definido como um visto não tradicional e a partir de 2021 todos os cidadãos provenientes de países já isentos de visto para viajar pela Europa – Brasil e outras 14 nações latino-americanas – precisarão providenciá-lo antes de sair de casa. 

Mesmo não necessitando de Visto, existem algumas condições para entrada no Espaço Shengen, lembrando que os valores de entrada deste vídeo estão desatualizados, como explicaremos nos textos à seguir ao vídeo do SEF (Serviços de Estrangeiros e Fronteiras):

CHECK LIST DE DOCUMENTOS PARA PASSAR NA IMIGRAÇÃO

  1. O passaporte só será aceito se tiver pelo menos seis meses de validade a partir da data de embarque (Renove se estiver perto de vencer)
  2. Comprovante de renda:
  3. Comprovativos dos meios financeiros para suportar a estada, equivalentes a 75 euros por cada entrada em território nacional, acrescidos de 40 euros por cada dia de permanência. (Sugerimos trazer, seja em cartão de crédito ou Euros, uns 70 Euros/dia). Veja aqui as principais despesas.
  4. Cartão de crédito internacional;
  5. Passagem de ida de volta (Para entrar na Europa também é necessário ter uma passagem de volta emitida e datada). Esse é um dos itens mais requisitados pelo oficial da imigração, então é bom ter em mãos.
  6. Comprovante de Hospedagem ou uma carta-convite assinada por quem irá hospedá-lo. Esse é um item muito importante para a entrada na Europa. O agente da imigração também costuma pedir os comprovantes de reserva de hotéis ou hostels. Gosto muito de reservar hospedagem em três plataformas, o Booking (que permite cancelamento gratuito na maioria dos quartos, o que permite escolher o hotel com calma), hostels ou mesmo casas e apartamentos inteiros. Confira e compare preços também no HomeAway e no Trivago.
  7. Seguro saúde (obrigatório) com cobertura de € 30 000 (ou o PB4).

Com tudo isso, estarei seguro de passar na imigração tranquilamente?

O agente de imigração está investido de um poder quase discricionário, que aumenta em época de atentados terroristas, suspeita de tráfico de humanos, imigração ilegal, etc, como já foi explicado acima. Nossa dica principal nesse caso, é o comportamento, pois o corpo "fala mais que as palavras."

Como organizar tudo?

Separe todos seus documentos em uma pequena pasta e apresente-se no balcão para falar com o agente com tudo em mãos, mas não mostre nada, à não ser que lhe peça. Guarde em ordem de prioridade, como Passaporte na frente de tudo e em seguida, abaixo do bilhete de passagem, a reserva do hotel e o seguro de viagem, etc

  1. Faça um roteiro dos lugares que deseja conhecer, pois na entrevista, o agente  de imigração pode perguntar o que você deseja conhecer, quais são os seus interesses ali. Pesquisando antes as atrações e a história do destino, você terá mais argumentos para convencê-lo de suas intenções. Aqui você conhecerá todas as divisões políticas de Portugal.
  2. A reserva do hotel deve coincidir com o número de dias que possui o Seguro Viagem, poucos observam isso, mas o Agente sim.
  3. Vista-se discretamente e de forma condizente com o local a que está visitando. Se for inverno no Hemisfério Norte, não faz sentido trajar minissaia ou bermuda, por exemplo.
  4. Tente não fazer muito barulho enquanto espera para ser atendido.
  5. Procure ficar focado, e se for sorridente, que seja moderado e procure rir somente por simpatia, e evitar sorrir de nervosismo (pode ser interpretado como ironia).
  6. Não vá acompanhado ao balcão de atendimento, exceto se compartilhar documentos (como voucher do hotel, seguro, passagens).
  7. Evite mascar chicletes e não coma nada ao conversar com o agente.
  8. Desligue ou tire o som de seu celular na fila de imigração e não o use durante a entrevista.
  9. Cartão de Crédito Internacional/Extrato do dia da viagem constando o limite disponível.
  10. Cumprimentos e gentilezas são bem vindos em todos os lugares.  Seja seguro ao cumprimentar o agente da imigração, mesmo depois dos incômodos mais de 30 minutos em pé na enorme fila, mas não puxe conversa.

Em caso de emergência, ou se ficar retido na imigração

Se você não conseguir se comunicar, peça pela presença de um intérprete. Muitos lugares não têm agentes que entenda português, mas espanhol já é bastante provável. Nos aeroportos de Portugal, sempre irão falar em Português, fique tranquilo.

Se você for barrado, peça para falar com o representante do Consulado do Brasil no país ou, então, com o Núcleo de Assistência aos Brasileiros (61/3411-8803 e 61/3411-6456 - plantão). Enquanto estiver sob a guarda da imigração estrangeira, saiba que tem direito de se alimentar, beber água, ter acesso a banheiro e meios de comunicação. Você não pode ficar retido no aeroporto por mais de 48 horas. Eles também não têm direito de ficar com seus documentos após a liberação ou no embarque de regresso ao Brasil.

Se você for enviado de volta ao Brasil, além do dano mental, moral e físico, você tem de encarar o prejuízo financeiro. Não é possível pedir reembolso à companhia aérea ou à operadora que lhe vendeu o pacote, porque é de sua responsabilidade apresentar os documentos e as garantias necessários para entrar no país. 

Há casos em que dá para cancelar as reservas de hotéis e dos passeios contratados e recuperar parte do dinheiro. Nessa hora, poder contar com uma assessoria ou agente de viagens faz a diferença.

Não passar na imigração não significa que você está sendo “deportado” e sim, que sua entrada foi recusada. Saiba que, a menos que você seja deportado, seu passaporte não será marcado, porque, em tese, você não entrou no país. Mas o sistema de imigração irá registrar a razão de sua rejeição. Antes de se arriscar de novo, certifique-se, junto à embaixada do país no Brasil, de que você tem como provar, com documentos, que está viajando apenas a turismo.

Pensando em ser aplicar a Cidadania Portuguesa? Clique aqui!

CUIDADOS NAS CONEXÕES

Tome cuidado ao escolher voos com conexões. Certifique-se de que você tem a documentação necessária para passar nos países nos quais precisa tomar os aviões. Lembrando que o CDAM (PB4) não serve para outros paíse, e se viajar com conexão, é obrigatório fazer o Seguro Viagem. Se não, poderá ficar preso em uma sala enquanto aguarda o voo de volta. Também tenha o cuidado ao desembarcar no aeroporto e não perder tempo, ir logo em busca do seu próximo vôo para não perdê-lo e ficar sem direito a reembolso.Guarde essa plataforma, que tem voos baratos aqui pela Europa, para emergências ou para “esticar” sua estadia por outros países europeus, veja pela OMIO ou Transavia.

COMPORTAMENTO NA IMIGRAÇÃO!

Listamos algumas coisas que achamos legal você saber: por exemplo a simpatia dos fiscais. Muitas pessoas comentam que ser atendido por um fiscal que ‘aparenta’ ser mais simpático é melhor. Claro, não vou negar, mas nem sempre você consegue fazer essa escolha. A imigração é um procedimento rápido. A fila normalmente é única e eles vão chamando assim que terminam de atender um passageiro. Então não fique com essa ideia de buscar um fiscal simpático, e você deve sim ser educado, mas sem exageros, com qualquer um que te atender.

VEIO COMO TURISTA OU IMIGRANTE?

Essa é uma das perguntas que o agente pode lhe fazer. Responda sem dúvidas, se vem como turista, afirme que veio passear, e se veio de mudança, fale também com com firmeza e só deve apresentar o Visto se ele lhe pedir.

O conhecimento dos procedimentos traz segurança e a tranquilidade nas ações,  e essa energia aparentemente imperceptível, é mesmo notada por quem lida com pessoas e situações inusitadas, como os Agentes do SEF, por exemplo que são preparados para “ler a linguagem corporal”.

O QUE FOI PERGUNTADO?

Na primeira vez que viajei para Portugal, vim para passar 15 dia, à trabalho. Depois de esperar na demorada fila de "Não Europeus", chegou minha vez, o agente olhou-me e pediu o passaporte (os demais documentos guardados na pasta dentro da mochila). Foi exatamente assim no balcão:

  • SEF -  Bom dia! (Sorrindo)
  • Eu - Bom dia (Devolvi o sorriso na mesma medida)
  • SEF - Veio à passeio?
  • Eu - Não, vim à trabalho, mas gostaria que fosse à passeio.
  • SEF - Mas nem só de trabalho vive o homem, pois não?
  • EU - É verdade. 
  • Ambos sorrimos.
  • SEF - SEJA BEM VINDA!
  • Eu - Obrigada! Acenei com a cabeça e fui pegar a mala.

Nenhum documento foi-me pedido, mas se pedisse eu teria todos.

Peça seu orçamento aqui!

Ao sair, do aeroporto, você vai alugar ou já alugou um carro? Você pode alugar através de uma dessas duas plataformas,a EuropeCar ou a RentalCars, mas lembre-se de escolher uma empresa que forneça o carro dentro do aeroporto ou imediações.

Se o desembarque for em Lisboa, por exemplo, tem muitas opções de transporte público ou privado, e tudo bem na frente do aeroporto, como autocarros (ônibus), metro (metrô) quase dentro do aeroporto e além disso, é bem servida de UBER, e os preços são bons.

DICA FINAL 

Planeje bem, faça seu roteiro, e se prepare que as coisas na hora da execução fluem, se tornam orgânicas e desejamos que tudo saia conforme o planejado. Conte conosco para quaisquer dúvidas ou serviços em Portugal!.

Boa viagem!


Esse artigo foi patrocinado por

Seguros Promo

Seguro de viagem para Europa - Garanta sua entrada na Europa com planos que atendem às exigências do Tratado de Schengen.
Ir para o site

Quer ser destaque em um artigo do VPDicas?

Patrocine nossos artigos e tenha sua marca em destaque junto a um conteúdo relevante para comunidade VPDicas. Para saber como funciona é só preencher o formulário abaixo que o time VPDicas vai entrar em contato com você.

Obrigado. Entraremos em contato em breve!
Algo deu errado ao enviar o formulário. Por favor, tente novamente.

Artigos relacionados