Artigo patrocinado por
Passa Montanhas

Como surgem as empresas especializadas no trekking e caminhadas

Fomos investigar como surgiu a uma empresa especializada no trekking e longas caminhadas.

May 6, 2019
Por
Ivete Quintela

Trekking e os caminhos de Santiago

Existem locais onde só se pode chegar caminhando, adentrando na natureza e na vida das pessoas!

A diferença entre o trekking – ou trek – e uma simples caminhada é apenas a sua duração; qualquer uma das actividades pode ter dificuldades intensas ou absolutamente nenhuma, mas um trek implica dormir “fora”, em abrigos ou tendas, mudando de lugar como um nómada, enquanto numa caminhada se regressa ao ponto de partida para passar a noite.

O caminho português de santiago

O caminho de Santiago é um caminho que se faz numa peregrinação de fé, mas também pode ser desfrutado como experiência turística inesquecível! É nesta vertente que o Caminho  Português de Santiago acaba de ser certificado, passando a integrar a rota oficial para chegar ao santuário na Galiza.

O caminho português já está certificado como rota oficial e assume um peso crescente entre os 327 mil peregrinos que anualmente rumam ao santuário da Galiza. O objetivo é ser promovido também para turismo. Lembrando que o Porto é já a segunda principal cidade para início da peregrinação, a seguir a Sarria (em Espanha). A Secretaria de Estado do Turismo também destaca que o número de peregrinos que percorrem o Caminho Português “tem vindo a aumentar de forma significativa, sendo o caminho que mais cresce em termos de procura.”

Caminhos oficiais de Santiago

A certificação que veio criar as condições para o reconhecimento internacional e integração do Caminho Português no conjunto de caminhos oficiais de Santiago. Esse certificado foi aprovado a 7 de fevereiro em Conselho de Ministros e a certificação vai ser assegurada pela Comissão Executiva do Caminho de Santiago, um órgão que integra representantes da Direção Geral do Património Cultural e do Turismo de Portugal.

Segundo a Secretaria de Estado do Turismo, “com a aprovação deste diploma, criam-se as condições para a promoção internacional destes itinerários, que atravessam todo o país de sul a norte”.

Certificação para Fátima

Os caminhos de Santiago agora certificados passam assim a integrar a plataforma Caminhos da Fé, lançada pelo Governo em 2018, que também inclui os caminhos de Fátima, a rota da herança judaica e os altares marianos – e tirando partido do facto de grande parte do caminho de Santiago ser coincidente com o caminho de Fátima, o que justifica que a sinalética e as ações de promoção sejam conjuntas.

Para a secretária de Estado do Turismo Ana Mendes Godinho, segundo o Jornal Expresso.pt

com a celebração do Jacobeu em 2021, o Ano Santo de Santiago de Compostela, a aprovação deste diploma reveste-se da maior importância, na medida em que permitirá que mais pessoas possam escolher Portugal como local de início de peregrinação

“A certificação do Caminho Português de Santiago vai permitir reforçar ainda mais a promoção internacional destes caminhos e a abertura do mapa turístico de Portugal a todo o território”, salienta Ana Mendes Godinho, enfatizando que “a promoção de Portugal como um país de caminhos, de tolerância e de abertura tem sido um dos nossos instrumentos de comunicação” e que “o peregrino de Santiago faz o percurso ao longo de todo o ano e gera riqueza nos territórios por onde passa”.

Caminho do Interior

De acordo com o Turismo do Centro, também já está identificado o Caminho do Interior que parte de Viseu e segue por Castro Daire, Lamego, Vila Real e Chaves, até desembocar na Via da Prata. A ligação entre o Caminho do Interior e o Caminho Central foi alvo de um protocolo em 2015 entre a entidade de turismo e os municípios, e originou uma candidatura ao programa Valorizar, promovida pela Associação Via Lusitana.

Garantindo estar já a desenvolver ferramentas de apoio ao peregrino, nomeadamente uma app, guias e mapas, que permitem a plena fruição do caminho, o Centro quer assumir um papel de região-piloto a nível nacional neste campo, considerando que a certificação dos caminhos de Santiago representa uma excelente oportunidade para a região e para o país.

Case

“Muitas empresas nasceram pela fé, algumas por amor â caminhadas e montanhismo, e outras nasceram inspiradas por ambas as coisas.”

Fomos em busca de uma dessas empresas para sabermos o que os motivaram a apostar no segmento, e como desenvolvem suas atividades. Encontramos uma empresa que antes estava estabelecida em Lisboa e agora está sediada no Oeste do país, a Passa Montanha.

A Passa Montanha falou-nos que é basicamente uma empresa de trekking e atividades na natureza que nasceu da paixão de juntar caminhos e que agora está a desenvolver  roteiros como caminhadas, subidas em serras, travessias em vales, etc.

“Tudo começou com as botas calçadas e a mochila às costas dando largas ao amor pela natureza, pelo silêncio e pelos grandes espaços abertos. Sempre que possível, partíamos em busca da montanha um pouco mais desafiante que a anterior, ou tentávamos descobrir um trilho de rara beleza que nos levasse a uma bela cascata. Quando tínhamos mais dias íamos beber a espiritualidade ao Caminho de Santiago, tendo-o percorrido várias vezes. Como a técnica era necessária para chegar mais longe nos objectivos, foi importante fazer formação em Montanhismo, Alpinismo e Escalada. Assim, aos poucos, cada vez mais o hobby foi ganhando importância e cada vez mais era maior a necessidade de contacto com este tipo de actividade.

Por alteração da vida pessoal e profissional, mudámos a nossa residência para a zona Oeste (Óbidos) que nos fascinou com a sua beleza e diversidade, existindo um pouco de tudo, desde o oceano até às serras, desde a história ao património. Por isso, decidimos criar a empresa Passa Montanhas (anterior alcunha), para desenvolver os trilhos na zona Oeste e potenciar o turismo de natureza nesta região. No entanto, a nossa actividade desenvolve-se em todo o país e também na Península Ibérica. Tal como já referido, foi incluído o  Caminho de Santiago nos nossos programas, que  deriva da nossa essência de peregrinos e pelo facto de estar muito ligado à nossa história de vida. Para nós, é um imenso privilégio guiar um peregrino ou um grupo de peregrinos, pois sabemos que esta é uma experiência marcante, única e muito pessoal, cuja chegada a Santiago a faz culminar num momento bastante especial.  Não somos nem seremos uma empresa para multidões. Somos sim uma empresa de nicho, que cria percursos personalizados para cada cliente, que faz em cada actividade um enquadramento histórico, cultural e paisagístico dos locais por onde passa e que quer, sobretudo, dar a cada cliente uma experiência única e memorável. Somos uma empresa reconhecida pelo Turismo de Portugal e fazemos parte da marca natural. PT - selo dado às  empresas que trabalham de forma sustentada e desenvolvem o turismo de natureza.”

Experiências

Acrescentaram-nos que acreditam que ao fim do trajeto, os participantes, depois de superarem todos os obstáculos, com algum esforço físico e mental, podem enfim saborear uma experiência única e inesquecível, e que por sentir isso, resolveu partilhar esse sentimento com outras pessoas. Finalizou explicando que foi a  paixão por esse esporte e a boa sensação proporcionada para os que participam desses momentos que os motivaram a conhecer melhor outros caminhos e foco nos melhores trilhos e nas melhores experiências que a natureza oferece. Falou nos ainda, que os seus percursos estão limitados a um número restrito de pessoas para que cada percurso seja único, personalizado e de acordo com as preferências individuais.

Esse artigo foi patrocinado por

Passa Montanhas

Não somos uma empresa para multidões. Somos uma empresa de nicho, que cria percursos personalizados para cada cliente, que faz em cada actividade um enquadramento histórico, cultural e paisagístico
Ir para o site

Quer ser destaque em um artigo do VPDicas?

Patrocine nossos artigos e tenha sua marca em destaque junto a um conteúdo relevante para comunidade VPDicas. Para saber como funciona é só preencher o formulário abaixo que o time VPDicas vai entrar em contato com você.

Obrigado. Entraremos em contato em breve!
Algo deu errado ao enviar o formulário. Por favor, tente novamente.

Artigos relacionados