Artigo patrocinado por

Entrada recusada na Imigração - Voltei!

O Thiago narra como foi barrado no aeroporto de Lisboa, e depois obrigado a voltar para o Brasil.

June 8, 2019
Por
Ivete Quintela


Sim, Portugal é um país maravilhoso, também considerado o 4º país mais seguro do mundo, e sim, está definitivamente “na moda”. Com tudo isso, chama à atenção de muitos turistas, investidores, estudantes, aposentados  e inclusive imigrantes que vislumbram viver em paz em terras Lusitanas.

Nossa plataforma tem muitas dicas para evitar ser barrado e outras orientações para os brasileiros que queiram vir para Portugal com um planejamentos para uma imigração segura. Cuidados que podem evitar contratempos ou ter sua entrada recusada no tão sonhado país que pretende visitar. Cuidados que não ficam somente nas dicas documentais e sim, outras mais subliminares que poucos tem a preocupação, como atitude do viajante.

É sempre mais tranquilo o processo de entrada em qualquer país se o viajante tiver feito um planejamento adequado. Ter previamente o conhecimento sobre os procedimentos, valores preconizados,  incluindo, além da documentação, também a geografia e cultura do país onde deseja visitar faz parte de um bom plano de viagens, evitando sustos desnecessários. Cada país tem suas regras e os agentes de fronteiras, como o SEF estão somente à cuidar do seu país. (se não tiver abuso de autoridades, claro)

O Thiago, tentou vir para Portugal como Turista, onde, segundo ele falou-nos, estava realmente pensando em conhecer o país meramente, mas foi “confundido” com um “imigrante ilegal”.

Mesmo ainda um pouco constrangido, generosamente fala-nos como foi sua história que parecia ser a realização de um sonho, mas acabou com a frustração de ser reencaminhado de volta ao Brasil. Vejam à seguir a narrativa do Thiago especialmente para o VP Dicas.

Por Thiago Lemos

O embarque

Sábado 20 de Abril/2019 embarquei em Recife com destino a Lisboa no horário das 22:45. Carregando na bagagem muitos sonhos e na mala de mão o coração da minha família.

Chegada no aeroporto de Lisboa

Cheguei no horário previsto, às 10:10 foi uma alegria, super feliz e deslumbrado por ter feito uma boa viagem internacional. Estava tranquilo e sossegado. Porém chegado o momento de passar pela Imigração, e ter a primeira entrevista eis o que aconteceu:

Eu:  - olá bom dia?

Agente Migratório: passaporte por favor! - Vais para onde?

Eu: - Lisboa!

Agente: - fale-me por favor dois pontos turísticos que desejas visitar.

Eu: - Torre de Belém e Estádio da luz!

Agente: tem bilhete para a visita, sabe quanto custa?

Eu: não, vou comprar na hora.

Agente:- por favor, dirija-se àquela sala que o meu colega que ele vai atender-lhe.

Fui até a “sala reservada” do SEF onde dei entrada de 10:30 e fui atendido somente às 20:30. Neste intervalo serviram água e posso dizer que pensaram no bem estar das pessoas que ali estavam.

A entrevista com o SEF

Após 10 horas de espera, chegou minha vez. Vou narrar passo a passo:

SEF: olá Sr. Thiago Lemos, tudo bem com senhor, estás calmo?

Eu: Sim, estou tranquilo, mesmo com toda essa espera!

SEF: - desculpe a demora, então vamos lá, qual o motivo que o senhor está em Portugal?

Eu: - vim conhecer Lisboa!

SEF: - visitar o quê exatamente, e,  com tantos países, por quê veio para cá?

Eu: -  eu sempre tive o desejo de conhecer esse país lindo e cheio de riquezas.

SEF: - vais passar 7 dias, e tens hospedagem, passagem de volta, seguro viagem e PB4?

Eu: - sim,  preparei tudo que me recomendaram para uma viagem!

SEF:  - dispõe de algum valor?

Eu: - sim, tenho €600,00 e um cartão de crédito!

SEF: - o senhor conhece alguém por aqui?

Eu: - sim, conheço em Coimbra! Irei visitar na terça-feira. Vou de ônibus (autocarro).

SEF: - sabes quanto custa o bilhete e qual a distância de Lisboa a Coimbra?

Eu: - o valor não, mas a distância média é de 160km.

SEF: - de onde conhece seu amigo e ele está cá a quanto tempo? O quê ele faz?

Eu -  é empresário está em Portugal fazem 6 meses.

SEF: - senhor Thiago não acreditamos que o senhor veio a Turismo, o senhor na verdade veio para ficar e trabalhar com seu amigo. Por favor, dê-me o nome completo dele e contactos, vamos ver o que ele tem a dizer-nos!

Então, o agente do SEF realmente ligou e conversou com meu amigo e voltou a falar comigo:

SEF: - senhor Thiago, como disse-lhe, você está cá para trabalhar junto com seu amigo e por isso você não poderá ficar, pedimos desculpas mas iremos colocar-lhe em um vôo de volta ao Brasil.

Eu:- nada do que eu apresentei e argumentei é válido?

SEF: - infelizmente não acredito que o senhor está em Portugal somente a passeio tendo um amigo que tem um empreendimento.

Eu: - pois bem, vou tentar mais uma vez, como lhe falei estou chegando somente para conhecer o país, visitar meu amigo e tenho passagem de volta e uma reserva, independente que ele tenha uma oportunidade de trabalho ou não, eu não irei trabalhar, estou aqui para verificar, estudar possibilidades e conhecer essa oportunidade! Isso não era para ser impedimento para me barrar, pois bem, me deixe entrar e passar esses 7 dias que estou declarando e depois disso ficarei a disposição do SEF, mas não poderiam me dar a chance de conhecer o país?

SEF: - Infelizmente senhor Thiago não funciona dessa maneira, uma vez detectada essa possibilidade da sua permanência, sem ser por vias legais, dessa maneira fica  impossibilitada a sua entrada!

Eu: - Tudo bem! Nesta altura do dia, num domingo não tenho mais o que fazer a não ser concordar e acatar o que vem sendo decidido!

Alojamento no aeroporto e as regras

Fui levado para um alojamento dentro do próprio aeroporto para aguardar o voo de regresso. Pediram para eu tirar todos os pertences: relógio, colar, cinto, carteira, dinheiro, mala e que entregasse à eles para que fizessem a guarda. Recebi Toalha, lençol, escova de dentes, creme dental etc. Os horários de alimentação eram corretos, café da manhã, almoço, jantar. Recebi água somente nos horários das refeições.

Disponibilizados os Jogos de Dama e Xadrez para passar o tempo, e mais uma TV. No local havia vários beliches, tudo bem limpo e organizado. Constantemente entrava uma pessoa de serviços gerais para fazer a limpeza.  

Temos direito a 5 Minutos de Ligações, podendo fracionar esse tempo. Como eu não sabia quanto tempo iria passar, optei em não ligar no momento que cheguei, liguei somente na segunda pela manhã para minha família informando que possivelmente iria voltar ainda na segunda a tarde, minha sorte é que voei da Companhia TAP que tem voos diários.

No alojamento havia muitos brasileiros oriundos de Minas Gerais e Goiás, além de africanos, venezuelanos. Achei curioso que haviam 2 Indianos que disseram-me que estavam a viver naquele lugar por aproximadamente 60 dias, alegaram estavam aguardando um voo de volta. Pareciam bem familiarizados, e eram os mais “antigos". A sensação era de prisão e como em toda prisão, existe a política onde o mais antigo tem preferências, lá não era diferente.

Passei a noite do domingo e na tarde da segunda feira levaram-me escoltado até a aeronave. Confesso que senti-me humilhado, pois ao chegar na nave aguardamos a vinda dos demais passageiros e subimos exatamente quando o ônibus com os outros passageiros chegaram, e, obviamente, era visível que os dois jovens estavam sendo escoltados pela polícia até a porta do avião. Jamais pensei passar por algo assim. Foi constrangedor.

Regresso ao Brasil

Cheguei na segunda feira, às 21:40 em Recife. Fui informado para descer da aeronave por último a fim de receber meu passaporte e demais documentos. Estou bem e aos poucos isso tudo vai passar, vou superar junto com minha família.

Futuramente? Sim, irei retornar e quero conhecer não só Portugal mas toda a Europa!

Thiago Lemos,  31 anos, casado pai de 2 filhos. @Thiagolemos_bairrolegal - Canal Bairro Legal

Esse artigo foi patrocinado por

Ir para o site

Quer ser destaque em um artigo do VPDicas?

Patrocine nossos artigos e tenha sua marca em destaque junto a um conteúdo relevante para comunidade VPDicas. Para saber como funciona é só preencher o formulário abaixo que o time VPDicas vai entrar em contato com você.

Obrigado. Entraremos em contato em breve!
Algo deu errado ao enviar o formulário. Por favor, tente novamente.

Artigos relacionados