Artigo patrocinado por

Uma importante economia no Oeste de Portugal

“Uma economia circular pelas pessoas e para as pessoas". Explica Adolfo Sunderhus, sobre o trabalho do VPDICAS no Oeste.

April 24, 2019
Por
Ivete Quintela

“Uma economia circular pelas pessoas e para as pessoas." Essa é a análise do Adolfo Sunderhus, Agrônomo aposentado, sobre o trabalho que o VPDICAS está desenvolvendo no Oeste e em todo o Portugal.

Empreendedorismo Social

Quero iniciar estas reflexões citando uma frase de um companheiro tombado na luta pela sustentabilidade ambiental no ES, Paulo Cezar Vinha – “Tudo na vida tem um preço. E tem certas coisas que dinheiro algum paga.”

Este sentimento foi o que vivemos em nossa visita a Caldas da Rainha no Oeste de Portugal. A recepção das pessoas para com nossa estadia resgata um valor importante que não podemos perder: o da solidariedade, o que mantém a certeza de que somente através das pessoas e de suas relações podemos mudar e construir uma nova sociedade.

Deixamos aqui além do nosso agradecimento uma reflexão sobre a importância da escolha dessa mulher empreendedora pelas pessoas e pelo que elas representam na e para sociedade, fato este que está muito além do simples ato do lucro pelo trabalho ou serviço.

A Ivete pode não ter ciência mas se insere, através do VPDicas em um conceito estratégico que substitui aquele ditado pela economia clássica do lucro pelo lucro por um novo fluxo de negócio chamado de circular e solidário, onde a economia faz parte de processos integrados capaz de promover um  novo modo de vida entre e para todos e todas que dele fazem parte, com respeito aos ambientes e os ecossistemas naturais que geram recursos a longo prazo.

Economia Circular e Solidária

O VPDicas vem à integrar bem este conceito e esta estratégia pois busca reorganizar o sistema de relações, de economias e de consumo, estejam em circuitos fechados ou abertos. Este canal fomenta e exige de todos e todas que dele participam atividades produtivas, capacidade técnica e compatibilidade com a realidade do Oeste de Portugal. Mas também requer igualdade, enquadramento social, respeito e compromisso com as instituições locais, que oferecem incentivos e valores.

Numa visão mais ampla o VPDicas contribui para promover um redesenho de processos, produtos e novos modelos de negócio, através da circulação consciente destes conceitos e dos valores e dos bens por eles gerados.

Bastou algumas horas de um excelente bate papo, sobre diversos assuntos ligados ao nosso interesse: turismo, empreendedorismo e outra oportunidades, para que a Ivete nos trouxesse o sentimento verdadeiro de que não existe economia e empreendedorismo sem a participação da sociedade.

Ficamos bastante impactados com esta forma de pensar e agir, pois não podemos imaginar formas de produção sem que seja levada em consideração tanto as pessoas como a sociedade, pois sociedade, produção, economia e ambiente estão intimamente relacionadas e interdependentes.

“Lembrando sempre que as pessoas e a sociedade e o ambiente são muito, muito maiores que a produção e o lucro.”

Um canal de relacionamentos

De forma singular o canal VPDiCAS, busca potencializar a capacidade de relacionamentos pessoais, promovendo a economia circular e solidária respeitando o seu conceito de movimento econômico, alinhando o mesmo a outro importante movimento social: o de poder contribuir para com a felicidade e a qualidade de vida de todos e todas que dele participam.

O nosso agradecimento pelo acolhida carinhosa da Ivete e pelos bons e valiosos conselhos.

“Muitas coisas são necessárias para mudar o mundo: Raiva e Tenacidade. Ciência e Indignação. A iniciativa rápida, a reflexão longa. A paciência fria e a infinita perseverança. A compreensão do caso particular e a compreensão do conjunto. apenas as lições da realidade podem  nos ensinar como transformar a realidade.” Bertolt Brecht. Adolfo também cita o Papa Francisco, onde diz que “Não existe uma boa sociedade sem um bom sindicato. E não há um bom sindicato que não renasça todos os dias nas periferias, que não transforme as pedras descartadas da economia em pedras angulares.” Depoimento especial para o VPDICAS por Thanany Dario e Adolfo Sunderhus. Vitória(ES), do Blog terraeprosa


Adolfo Sunderhus é Engenheiro Agrônomo aposentado, também é membro, juntamente com sua esposa Thanany Dario da plataforma VPDICAS, e bastante atuante no Grupo Fechado colaborativo no Facebook.

Esse artigo foi patrocinado por

Ir para o site

Quer ser destaque em um artigo do VPDicas?

Patrocine nossos artigos e tenha sua marca em destaque junto a um conteúdo relevante para comunidade VPDicas. Para saber como funciona é só preencher o formulário abaixo que o time VPDicas vai entrar em contato com você.

Obrigado. Entraremos em contato em breve!
Algo deu errado ao enviar o formulário. Por favor, tente novamente.

Artigos relacionados