A VPDICAS e a NB Intercâmbio agora são Parceiros para dar foco ao estudante brasileiro em Portugal!
12 Agosto, 2018
Concurso Portugal. The Summer
14 Agosto, 2018
Imigração

Imigrar para Portugal não é uma tarefa simples. Ela requer cuidados que são anteriores às etapas burocráticas que deverão ser respeitadas e seguidas. Esses cuidados vão ao encontro de uma sociedade que, de pronto, comunica-se via a língua portuguesa que não é completamente a mesma que os brasileiros falam, escrevem e ouvem. Assim, as aproximações iniciais podem exigir um tempo maior de apresentação e convivência.

Inicialmente, chamo à atenção para a chegada em Portugal. Como nos comportamos quando somos novos em um dado local, uma nova vizinhança, um novo país?

Percebo que as capacidades de observar, silenciar e colocar-se como aprendiz são notadas e valorizadas quando das primeiras vezes que estive nas cidades portuguesas.
O português ama servir. Eu e minha família (esposa e filha) tivemos o privilégio de receber convites para frequentarmos as casas de colegas professores e familiares portugueses – minha esposa é filha de português. A mesa é farta e há o celebrar da companhia via as narrativas do dia a dia e histórias que convidam as memórias e o respeito aos antepassados.
Na sequência, afirmo que o português valoriza imensamente a confiança e o respeito. Ambos são conquistados aos poucos por meio das relações de convivência que trazem o poder contar um com o outro: ser a ponta firme, a mão estendida do vínculo humano. Para essas relações, sugiro a atenção aos detalhes e à assertividade na linguagem.

Por fim, percebo que as relações profissionais demandam disciplina e resultados. O profissional português possui foco e grande capacidade produção. Os significados daquilo que comunicam são precisos e isto difere das ambiguidades que nós brasileiros estamos – infelizmente – acostumados com o que nos comprometemos profissionalmente.
Fica a torcida para que consigam realizar todos os passos da imigração com sucesso: descontruindo pré-conceitos com a motivação de ampliar a aderência e respeito às mudanças. Da mesma forma que não é simples a nós, também não é simples àqueles que nos recebem; perceber isto é um grande exercício para colocar-se no lugar do outro.

 

Leandro Alves da Silva
Learning & Development Business Partner
www.firstpeopleware.com.br
e-mail: leandro@firstpeopleware.com.br
Contato: +5511 9 8987-0984
Skype: stpeopleware

vpdicas
vpdicas
Somos um equipa de profissionais luso brasileiros com o propósito de oferecer dicas, apoio e networking aos que desejam conhecer, viver empreender e investir em Portugal, especialmente no Centro do país.

3 Comentários

  1. Lidiane diz:

    Como faço p estudar em uma faculdade portuguesa? Indo embora p aí?
    Q ddocumentos são necessários?
    A faculdade é paga?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *