Autocaravana de projeto de combate à Hepatite foi alvo de furto no Porto

Mais de um milhão de turistas visitaram Portugal em janeiro
16 Março, 2018
A vida que vale a pena ser vivida
21 Março, 2018
Crônicas, Notícia

Nós, imigrantes, escolhemos viver em Portugal por ser um lugar muito mais seguro que nosso Brasil. Mas aqui, mesmo não tendo muitos assaltos  e tanta violência, estão começando à ter furtos, pois não existem “paraísos” nenhum lugar.

Por Ivete Quintela – 19 de Março de 2018

Esse caso chamou a atenção pois o brasileiro que teve seu motorhome (autocaravana) roubado participa de um grandioso projeto social de combate à “Hepatite C”.

Trouxe-lhes esse caso para observarmos com mais zelo a situação das metrópoles como Lisboa e Porto, pois com o crescimento e a visibilidade que Portugal está tento no mundo inteiro, são passíveis de chamar também a atenção não somente de Turistas e imigrantes, mas também dos larápios de plantão.

Não é de hoje, aliás, é mesmo uma das missões do VPDICAS a de tentarmos descentralizar um pouco essas Metrópolis, onde acredito vivamente que quem pode (não são todos, claro), que venham conhecer as outras cidades pequenas e médias de Portugal, pois a segurança e qualidade de vida imperam!

Viemos em busca de paz e não vamos querer menos que isso!

Vejam o vídeo do projeto desses irmãos Brasileiros:

E hoje nos deparamos com essa notícia circulando nas redes sociais, relatado pelo Fred Mesquita!

“TRISTE NOTÍCIA

Pessoal, ontem a noite o “Carona” (meu carro) foi arrombado, quebraram todos os vidros, e levaram absolutamente tudo de mais importante. Depois de percorrer 27 países sem maiores problemas, aqui em Portugal a cidade do PORTO, em um bairro teoricamente seguro, arrebentaram todos os vidros e levaram tudo:

5 mil dólares em espécie
1 computador Dell
1 Ipad
1 Canon 70d
1 Canon 550d
1 lente 70-200mm
1 lente 18-70mm
1 lente 50mm
1 lente 18-55mm
1 lente 18-135mm
1 Gopro
Filtros, controle temporizador e artigos fotograficos
3 HDs com fotos dos 2 anos e meio de viagem, com documentos etc
1 caixa de som JBL
2 óculos (rayban y oakley)
1 bicicleta dobravel
1 Drone dji phanton 3
Muitos objetos pessoais que ainda não consegui ver tudo que foi, pois a cada momento me dou conta de cada coisa que está faltando

Estou muito triste principalmente pelas memórias que foram perdidas, o prejuízo foi grande, por volta de uns 35 mil reais, mas o que eu mais queria eram os HDs onde estão todos os registros de mais de 2 anos e meio de ações sociais, fotos, registros etc.

Se puderem compartilhar isso, talvez com a ajuda de Deus eu consiga recuperar pelo menos os HDs.

Para os que não sabem, eu sou voluntário em um projeto mundial de erradicação de Hepatite e venho realizando um lindo trabalho por todos os países que passei, no www.hepatitiszeroexpedition.com tem todas informações.

Marquem seus amigos portugueses, quem conhecer etc.”

 

Mais um depoimento sobre esse caso foi-nos dado pela Cibele Chaves, Portuguesa,  Assistente Social e membro do VPDICAS:

“Pessoal, calma e calma outra vez. Expressões como “já começou” ou dizer que Portugal está a ser invadido e por isso isto vai acontecer, que brasileiros isto e aquilo… Eu sou portuguesa, acham que assaltos ou vandalismos são coisa de hoje ou de há meia dúzia de dias? Não. Sempre aconteceu! Até podem ser portugueses os assaltantes! Coisas destas acontecem em qualquer lado do mundo, nuns locais mais do que noutros. Não dramatizem o que não vale a pena dramatizar e também não “romantizem” país nenhum, vc porque coisa más também acontecem em qualquer lado!”

Fotos: Fred Mesquita

Fonte: Pagina Pública Fred Mesquita – Facebook

https://www.facebook.com/fred.mesquita.92

vpdicas
vpdicas
Somos um equipa de profissionais luso brasileiros com o propósito de oferecer dicas, apoio e networking aos que desejam conhecer, viver empreender e investir em Portugal, especialmente no Centro do país.